Aprenda a segmentar o e-mail marketing do seu e-commerce

10 de julho de 2019

Segmentação de e-mail marketing no e-commerce: Veja algumas dicas para transformar o e-mail marketing em uma poderosa ferramenta de vendas para o seu e-commerce.

 

O e-mail marketing é uma ferramenta altamente eficaz para aumentar as vendas no e-commerce. Afinal, ele permite manter um relacionamento com o cliente e entregar a mensagem certa para a pessoa certa.

Para vender através do e-mail, porém, é preciso apostar em uma segmentação certeira. Assim, é possível entregar mais valor aos clientes e, portanto, aumentar o poder de conversão.

Quer saber como usar a segmentação de e-mail marketing a favor do seu e-commerce? Veja as dicas que separamos a seguir!

 

A importância do e-mail marketing no e-commerce

Engana-se quem ainda acredita que o e-mail marketing é uma prática pouco efetiva.

Para você ter uma ideia, pesquisas indicam que o e-mail marketing possui um ROI médio de 3800%. Além disso, uma transação originada do e-mail tem um valor até 3 vezes maior do que posts em redes sociais.

No entanto, 77% do ROI do e-mail marketing é proveniente de campanhas automatizadas. Ou seja, para ser efetiva, a estratégia deve estar baseada em públicos segmentados e em comunicações personalizadas.

Assim, é possível impactar a base de forma mais qualificada e, consequentemente, melhorar as conversões.

 

Como segmentar e-mail marketing

  1. Baseie-se em dados

Uma boa segmentação de e-mail marketing é baseada em dados coletados, e não em achismos e intuições. Portanto, o primeiro passo para uma campanha eficaz está em coletar e organizar os dados dos clientes. 

Isso pode ser feito por meio do cadastro no e-commerce, histórico de compras, landing pages visitadas ou, até mesmo, pela captação de leads nas estratégias de Inbound Marketing.

O importante aqui é usar as informações de maneira estratégica. Assim, é possível cruzar dados para compreender cada vez mais quem são os seus grupos de clientes para direcionar a comunicação.

 

O Guia Prático do Email Marketing

 

  1. Não deixe o abandono de carrinho de lado

O abandono de carrinho para o e-commerce brasileiro chega a 82%. Portanto, ignorar os clientes que não concluem a compra é um dos maiores erros que você pode cometer.

Nesse sentido, usar o e-mail marketing para reverter o cenário pode ajudá-lo a gerar mais vendas para o e-commerce.

É importante enviar e-mails para quem desiste da compra e, nesse momento, dar um incentivo extra para que a pessoa siga em frente. 

Aqui, trabalhar com frete grátis ou oferecer um desconto extra pode fazer toda a diferença para recuperar o cliente e ainda diminuir o índice de abandono de carrinho.

 

  1. Adapte a linguagem e invista em um bom assunto

Quando o seu e-mail chega à caixa de entrada do cliente, ele está concorrendo com mensagens particulares e de trabalho. Portanto, o assunto precisa ser trabalhado com excelência para que você aumente as taxas de abertura.

Para que isso aconteça, é essencial que a linguagem dos e-mails esteja de acordo com o perfil do seu público. Dessa forma, é possível estabelecer um relacionamento mais próximo e chamar a atenção em meio à tantas mensagens.

Tenha em mente que segmentação de e-mails é sinônimo de conteúdo e adaptação de mensagens. Por isso, nada de pegar fórmulas prontas para tentar replicar no seu negócio.

 

  1. Aposte também no pós-vendas

E-mail marketing para e-commerce não deve ser trabalhado apenas antes das vendas. Pelo contrário, essa é uma poderosa maneira de fidelizar os clientes e, consequentemente, aumentar o ticket médio da loja.

Nesse sentido, você pode usar uma série de estratégias que vão ajuda-lo com o pós-venda. Desde uma confirmação de compra até um e-mail de agradecimento para o cliente. E, claro,  um acompanhamento do status do seu pedido.

Outra dica é sempre realizar uma pesquisa de satisfação para identificar como vocês podem melhorar, tanto no processo de compras quanto nos próprios e-mails.

 

Por fim, foque em e-mails com conteúdos fáceis de ler e objetivos. De preferência, que agreguem algo de valor à vida dos clientes. Tome cuidado com a frequência para não fazer spam ou para não sumir por muito tempo.

E, claro, não deixe de aplicar as boas práticas para aumentar a taxa de entrega e abertura das peças.

Quer saber como aprimorar ainda mais os e-mails para o seu e-commerce? Conheça os 08 piores erros para evitar em uma campanha de e-mail marketing

    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos

Categorias

Tags

Mais Vistos

37331
31774
24245
16618
_linkedin_partner_id = "1549377"; window._linkedin_data_partner_ids = window._linkedin_data_partner_ids || []; window._linkedin_data_partner_ids.push(_linkedin_partner_id); (function(){var s = document.getElementsByTagName("script")[0]; var b = document.createElement("script"); b.type = "text/javascript";b.async = true; b.src = "https://snap.licdn.com/li.lms-analytics/insight.min.js"; s.parentNode.insertBefore(b, s);})();